Domingo de esperança

23/10/2018

Dentro de cada ser humano habita um sentimento de que o dia de amanhã será sempre melhor do que o hoje e de alguma forma, com raras exceções, esse sentimento também nos leva a buscar no ontem aspectos e características que nos façam acreditar que naquele tempo haviam melhorias que já não mais reconhecemos hoje.

Mesmo nos mais tenebrosos passados, refugia-se características que são capazes de inspirar defesas. Isso acontece em qualquer parte do mundo. Mesmo entre aqueles passados mais desgraçados, sempre vai haver alguém para exalta-lo, isso porque, aqueles que viveram o passado não viveram da mesma maneira e aqueles que não viveram e o buscam conhecer tendem a seguir o conceito com o qual a história é contada. Ao escrever a história o homem tende a mostrar mais sobre o presente onde está escrevendo do que sobre o passado sob o qual ele deseja escrever.

A vida de ontem e a de amanhã sempre convergem para algo melhor do que a de hoje. No ontem porque reside em cada um de nós um sentimento de que as coisas nunca estão boas, e o saudosismo de nossos momentos felizes sempre voltam a nos assombrar. No amanhã porque a esperança é algo que está sempre presente em nossos atos e em nossas escolhas. É quase que o mesmo significado, o hoje nunca não está bom, o ontem era melhor, mas o amanhã vai ser magnifico.

Nas eleições deste domingo estará mais uma vez em destaque o desejo do Brasileiro e a esperança de que o amanhã será melhor do que o hoje. Independente das escolhas feitas pelos eleitores, todos eles vêm intimamente ligado a esperança no futuro. Mesmo aqueles que votam pela continuidade de um determinado candidato tendem a votar na expectativa de que as coisas andem para frente e que o futuro seja brilhante e que os problemas sejam resolvidos e que o mundo em que vivemos torne-se um paraíso em meio a um universo de caos.

É certo que os problemas não se resolvem de uma hora para a outra e muitas vezes eles apenas não se resolvem, mas nós estamos sempre pregados nesta expectativa de que agora será diferente, de que a partir daquele momento nada mais será como antes e as coisas vão melhorar.

O brasileiro acumula frustrações e anseios que não foram atendidos. Homens receberam e desperdiçaram a confiança de seus pares, traíram seus ideais e jogaram por terra a expectativa e esperanças que o povo tinha sobre si. Neste domingo tudo se renova. Vença quem vencer, esteja no poder quem estiver, é nesse domingo que as esperanças são renovadas, pelo menos até serem despedaçadas de novo, ou não, o futuro é incerto. Certo mesmo é apenas que a certeza que você deve ter na hora de depositar o seu voto, afinal, para quem você vai entregar suas esperanças agora?